Produção de Filme Ativo Adicionado de Óleo Essencial para Conservação de Queijos

Juliete Vilasboas Lima, marcilio nunes moreira, Ana Maria Belém dos Santos, Milton Ricardo Silveira Brandão, Aureluci Alves de Aquino

Resumo


É crescente o emprego de matérias-primas vindas de recursos renováveis para a produção de embalagens. Entre os bipolímeros promissores para esse fim estão os amidos que podem vir de diversas fontes botânicas, que são biodegradáveis, têm custo baixo e estão disponíveis em várias partes do mundo. As embalagens ativas biodegradáveis além de preservar as características sensoriais e nutricionais do alimento visam a preservação ambiental e a substituição de plásticos oriundos de fontes petrolíferas. O queijo é um veículo de transmissão de doenças, como é o caso das intoxicações alimentares, por esse motivo deve-se ter cuidados redobrados desde a sua produção até o armazenamento. Dessa forma, o trabalho teve como objetivo a produção de filme biodegradável incorporado com óleo essencial de orégano para prolongar a vida útil de queijo provolone em temperatura ambiente. Os filmes foram fabricados com as concentrações de 1,5% de amido modificado e de gelatina, 3% de glicerol e amido de milho e foram testadas diferentes concentrações de óleo essencial de orégano.Os parâmetros físico-químicos foram testados nos tempos 0, 7 e 15 dias. As análises microbiológicas foram realizadas nos tempos 0, 7 e 15 dias com o objetivo de avaliar a eficiência do óleo essencial com ação antimicrobiana para os micro-organismos coliformes totais, coliformes termotolerantes, Escherichia coli, Salmonella, Staphylococcus aureus e fungos filamentosos. O trabalho permitiu concluir que o filme formou barreira para a atividade microbiana visto que não houve qualquer crescimento para todos os micro-organismos analisados. Para o parâmetro perda de massa o filme não mostrou eficiência.

Palavras-chave


Armazenamento; Crescimento Microbiano; Filmes Biodegradáveis; Novas Tecnologias.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista INGI - Indicação Geográfica e Inovação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Revista INGI - Indicação Geográfica e Inovação. A Revista INGI está licenciada com a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

ISSN: 2594-8288

Esta Revista é uma publicação da Associação Acadêmica de Propriedade Intelectual - API - www.api.org.br