CHARACTERIZATION OF COMPOUNDS WITH BIOACTIVE ACTION OF GREEN PEPPER (Capsicum chinense Jacquin) MICROCAPSULES STORED IN ACID

Ariadne Matos dos Santos, Marinuzia Silva Barbosa, Taynara Goes dos Santos, Alessandra Almeida Castro Pagani

Resumo


O processamento de pimentas agrega valor ao produto devido sua importância social. Pois são fontes de antioxidantes naturais: vitamina C, E, carotenóides e clorofila. A clorofila está presente nas frutas e vegetais verdes podendo ser utilizados como substitutos dos corantes sintéticos por possuírem a cor verde brilhante assim como outras atividades biológicas. Portanto as pimentas tem atividades dais quais: anticancerígeno, antibacteriano, antioxidante, anti-inflamatório, desodorizante, além destas, possui atividade de cicatrização de feridas e propriedades terapêuticas. A microencapsulação protege a degradação dos compostos bioativos evitando a oxidação conferindo maior estabilidade e vida útil ao produto. Neste sentido, o presente trabalho teve como objetivo a obtenção de microcápsulas de pimenta de cheiro verde pela técnica de gelificação iônica, formuladas com espinafre e acondicionadas em meio ácido, avaliando a estabilidade dos compostos bioativos e o efeito da encapsulação durante 1 mês de armazenamento. Foram realizadas as análise de pH, vitamina C, capsaicina, clorofila, carotenóides e acidez. Os resultados obtidos para microcápsula foram: 4,27; 6,49 mg de Ácido Ascórbico/100 g de amostra; 0,1173 mg/ml; 47,79 µg/g; 25,01 µg/g e 6,98 mg KOH/g de pimenta respectivamente. Com os resultados obtidos das microcápsulas de pimenta-de-cheiro, conclui-se que esta apresenta consideráveis teores de compostos bioativos, a presença de alcaloides (capsaicina) e obteve boa estabilidade desses compostos durante o armazenamento em meio ácido.


Palavras-chave


Microcápsulas; Pimento-de-Cheiro; Gelificação Iônica; Clorofila

Texto completo:

PDF

Referências


ANTONIOUS GF; JARRET RL. 2006. Screening Capsicum accessions for capsaicinoids content. Journal of Environmental Science and Health 41: 717-729

ASSOCIATION OF OFFICIAL ANALYTICAL CHEMISTS. Official methods of analysis of the Association of Official Analytical Chemists .14 ed.Arlington: A.O.A.C., 1984

DAMBROS, J. I. Estabilidade de compostos potencialmente bioativos e alterações de qualidade em frutos e produtos de pimenta (Capsicum spp.). UFPel.2014 DOMENICO CI; COUTINHO JP; GODOY HT; MELO AMT. Caracterização agronômica e pungência em pimenta-de-cheiro. Horticultura Brasileira, v. 30, p.466-472, 2012.

INSTITUTO ADOLFO LUTZ. Normas analíticas do Instituto Adolfo Lutz. 3. ed. São Paulo: IAL, 2005.

LICHTENTHALER, H. K, Chlorophylls and carotenoids: pigments of photosynthetic biomembranes. Methods in enzymology, San Diego, v. 148, p. 362-385, 1987.

MATTOS, L. M.; MORRETI, C. L.; HENZ, G. P.; SOUZA, R. M. D. Caracterização pós-colheita de espécies de capsicum spp. Revista Agronegócios e meio ambiente, v. 1, n. 2, p. 179 – 186, maio/ago. 2008

OLIVEIRA, M.C; PAGANI, A.C. Estudo do processo de obtenção de gotas de mamão (carica papaya l.) por esferificação. Pró-reitoria de pos-graduação, 2011. 15p. Dissertação (Mestrado em ciência e tecnologia de alimentos) – Universidade Federal de Sergipe.

RÊGO, E. R; RÊGO, M. M; MATOS, I. W. F.; BARBOSA, L. A. Morphological and chemical characterization of fruits of Capsicum spp. accessions. Horticultura Brasileira, v. 29, p. 364-371, 2011.

SOUZA, A. C. G.; CHAVES, F. C. M.; KANO, C. Avaliação de Frutos e Sementes de Pimenta-de-cheiro (Capsicum chinense Jacq.) em função da nutrição mineral. Seminário de bolsistas de Pós-graduação da Embrapa. Amazônia Ocidental, 2015. Manaus. Anais. Brasília-DF, EMBRAPA, 2016. P.121-126


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista INGI - Indicação Geográfica e Inovação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Revista INGI - Indicação Geográfica e Inovação. A Revista INGI está licenciada com a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

ISSN: 2594-8288

Esta Revista é uma publicação da Associação Acadêmica de Propriedade Intelectual - API - www.api.org.br 

A REVISTA INGI está cadastrada nos sistemas: