Investigação Prospectiva para a Solução da Erosão Costeira no Brasil

Camila Lima Forte, Ronnara Marques Aragão

Resumo


A erosão costeira é um fato que implica em grande risco econômico e social no país. A região litorânea passa por constantes alterações seja influenciada por causas naturais, seja por ações humanas que impactam no equilíbrio da natureza. Nos últimos tempos, muitas informações acerca do avanço do mar no Brasil têm se propagado, em alguns casos resultando em prejuízos e desastres. Dessa forma, ações preventivas devem ser tomadas, uma vez que com o passar do tempo o avanço do mar pode se agravar. Este trabalho tem como objetivo realizar um estudo prospectivo em bases de dados nacional e internacionais com a finalidade de identificar as regiões do mundo com maior número de patentes para a solução do problema, bem como identificar pesquisadores e detentores de tecnologias. Pode-se concluir que mesmo sendo um assunto bastante difundido existem poucas iniciativas nacionais para impulsionar essa solução. Dessa forma, por meio do resultado encontrado, o Brasil poderá buscar parcerias para pesquisa ou transferência de tecnologia para a solução da erosão costeira no país.


Palavras-chave


Prospecção Tecnológica; Erosão Costeira; Patente

Texto completo:

PDF

Referências


BIRD, E.C.F. Coastal Geomorphology: An introduction, 2nd edition. Chinchester. Wiley and Sons. 436 pp. 2008

CAI, F., XIANZE, S.; LIU, J.; LI, B. LEI, G. Coastal erosion in China under the condition of global climate change and measures for its prevention. Progress in Natural Science v. 19, n. 4, p. 415-426, 2009.

DIÁRIO DE PERNAMBUCO. Pernambuco terá atlas de vulnerabilidade à erosão costeira e mudanças climáticas. Disponível em: . Acesso em: 15 mar. 2018.

JC. Ideias contra o avanço do mar. Disponível em: . Acesso em: 24 mar. 2018.

KEIKO, Lidia; SANTORO, Jair; AMARAL, Rosangela. Desastres naturais: CONHECER PARA PREVENIR. 1 ed. SÃO PAULO: INSTITUTO GEOLÓGICO, 2009.

MANSO, V. et al. Erosão e progradação do litoral brasileiro: DIETER MUECHER. 2 ed. BRASILIA: MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE, 2006. 476 p.

NEVES, Claudio Freitas; MUEHE, Dieter.Vulnerabilidade, impactos e adaptação a mudanças do clima: a zona costeira. Parcerias estratégicas, v. 13, n. 27, p. 217-296, 2008.

NOAA NWS Pacific Tsunami Warning Center. Disponível em: https://www.google.com.br/search?q=%C2%ABTsunami+bulletin+number+3%C2%BB.&oq=%C2%ABTsunami+bulletin+number+3%C2%BB.&aqs=chrome..69i57.821j0j4&sourceid=chrome&ie=UTF-8 > Acessado em: 22 mar. 2018.

OLIVEIRA, Adma Hamam De Figueiredo Amanda Estela Guerra André Polly Assumpção Marcelo Paiva Da Motta Marco Antonio De Carvalho. Atlas geográfico das zonas costeiras e oceânicas do Brasil: 1. RIO DE JANEIRO: Gerência de Editoração/Centro de Do cu men ta ção e Disseminação de Informações - CDDI, 2011. 177 p.

SOARES JR., C. F. DE A. Influência das ondas e das características geomorfológicas no zoneamento territorial costeiro entre Porto de Galinhas e Rio Formoso, litoral sul de Pernambuco-Brasil. 2014. 144 f. Universidade Federal de Pernambuco, 2014.

SOUZA, C.R . de G.. A erosão costeira e os desafios da gestão costeira no Brasil. Revista de Gestão Costeira Integrada, 9(1): 17-37. ISBN: 1677-4841 (também disponível em ) 2009.Acessado em: 13 de março de 2018.

SOUZA, C.R. de G., HIRUMA, S.T., SALLUN, A.E.M., RIBEIRO, R.R. & AZEVEDO SOBRINHO, J.M. Conceitos e Empregos do Termo no Brasil e Implicações na Legislação Ambiental. Instituto Geológico, Secretaria de Meio Ambiente do Estado de São Paulo. São Paulo. 104p. “Restinga”, 2008.

SOUZA, C.R. de G.; SOUZA FILHO, P.W.M.; ESTEVES, SL.; VITAL, H. DILLENBURG, S.R.; PATCHINEELAM, S.M. & ADDAD, J.E. Praias Arenosas e Erosão Costeira. In: C.R. de G.Souza et al. (eds.). Quaternário do Brasil. Holos, Editora, Ribeirão Preto (SP). p. 130-152. 2005.

SOUZA, Celia Regina De Gouveia. A erosão costeira e os desafios da gestão costeira no brasil *. Revista da gestão costeira integrada, Portugal, v. 9, p. 17-37, 201./mar. 2018.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista INGI - Indicação Geográfica e Inovação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Revista INGI - Indicação Geográfica e Inovação. A Revista INGI está licenciada com a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

ISSN: 2594-8288

Esta Revista é uma publicação da Associação Acadêmica de Propriedade Intelectual - API - www.api.org.br