IMMOBILIZED ENZYMES APPLIED IN FOOD TECHNOLOGY: A TECHNOLOGICAL PROSPECTION

João Pedro Brasil Oliveira, Ana Lúcia Pontes Freitas

Resumo


As enzimas imobilizadas destacam-se como biocatalisadores capazes de serem utilizados em diversos segmentos da indústria. Atualmente, a demanda por enzimas na indústria alimentar tem crescido consideravelmente, movimentando bilhões de dólares. Neste contexto, o objetivo deste estudo foi realizar uma prospecção tecnológica do uso de enzimas imobilizadas em processos biotecnológicos envolvendo alimentos. Para o mapeamento científico e tecnológico, foram realizadas buscas na base de periódicos ScienceDirect, e nos bancos de patentes INPI, WIPO, USPTO e EPO. Através da análise dos resultados da busca na base EPO, foi possível observar que as primeiras patentes foram depositadas no início da década de 1970. Além disso, a China é o país com maior número de depósitos de patentes. Os códigos CIP mais frequentes nas patentes analisadas foram os da seção C (química e metalúrgica) e A (Necessidades humanas). Quanto a aplicação, os biocatalizadores imobilizados foram utilizados principalmente para o processamento de alimentos. Em relação ao brasil, foi observado um baixo número de depósitos de patentes na área. De modo geral, existe uma grande perspectiva para a aplicação desses biocatalisadores imobilizados na indústria alimentar.

Palavras-chave


Imobilização; Indústria; Patentes

Texto completo:

PDF

Referências


AMARAL-FONSECA, M. et al. Optimization of simultaneous saccharification and isomerization of dextrin to high fructose syrup using a mixture of immobilized amyloglucosidase and glucose isomerase. Catalysis Today, v. 362, p. 175-183, 2021.

BEZERRA, C. S. et al. Enzyme immobilization onto renewable polymeric matrixes: Past, present, and future trends. Journal of Applied Polymer Science, v. 132, n. 26, 2015.

BILAL, M.; IQBAL, H. M. N. State-of-the-art strategies and applied perspectives of enzyme biocatalysis in food sector—current status and future trends. Critical reviews in food science and nutrition, v. 60, n. 12, p. 2052-2066, 2020.

CHAPMAN, J.; ISMAIL, A. E.; DINU, C. Z. Industrial applications of enzymes: Recent advances, techniques, and outlooks. Catalysts, v. 8, n. 6, p. 238, 2018.

COLLAÇO, A. C. A. et al. Development of an integrated process involving palm industry co-products for monoglyceride/diglyceride emulsifier synthesis: Use of palm cake and fiber for lipase production and palm fatty-acid distillate as raw material. LWT, v. 135, p. 110039, 2021.

CONTESINI, F. J. et al. Potential applications of carbohydrases immobilization in the food industry. International Journal of Molecular Sciences, v. 14, n. 1, p. 1335-1369, 2013.

DIAS, C. G.; ALMEIDA, R. B. Produção científica e produção tecnológica: transformando um trabalho científico em pedidos de patente. Einstein (São Paulo), v. 11, n. 1, p. 1-10, 2013.

DICOSIMO, R. et al. Industrial use of immobilized enzymes. Chemical Society Reviews, v. 42, n. 15, p. 6437-6474, 2013.

GIESE, E. C. Biocatalisadores imobilizados: Prospecção de inovações tecnológicas na última década. Revista GEINTEC-Gestão, Inovação e Tecnologias, v. 5, n. 3, p. 2296-2307, 2015.

IYER, P. V.; ANANTHANARAYAN, L. Enzyme stability and stabilization—aqueous and non-aqueous environment. Process biochemistry, v. 43, n. 10, p. 1019-1032, 2008.

JÜRGENS, B.; HERRERO-SOLANA, V. Espacenet, Patentscope and Depatisnet: A comparison approach. World Patent Information, v. 42, p. 4-12, 2015.

KIM, J. et al. Enzymatic preparation of food‐grade l‐α‐glycerylphosphorylcholine from soy phosphatidylcholine or fractionated soy lecithin. Biotechnology progress, v. 36, n. 1, p. e2910, 2020.

KUMAR, A.; SINGH, S. Directed evolution: tailoring biocatalysts for industrial applications. Critical reviews in biotechnology, v. 33, n. 4, p. 365-378, 2013.

LUZZI, G. et al. Enhancing the sweetening power of lactose by enzymatic modification in the reformulation of dairy products. International Journal of Dairy Technology, v. 73, n. 3, p. 502-512, 2020.

MEHTA, A. et al. The lipases and their applications with emphasis on food industry. In: Microbial biotechnology in food and health. Academic Press, 2021. p. 143-164.

NGUYEN, H. H. et al. Immobilized enzymes in biosensor applications. Materials, v. 12, n. 1, p. 121, 2019.

PARANHOS, R. C. S.; RIBEIRO, N. M. Importância da prospecção tecnológica em base em patentes e seus objetivos da busca. Cadernos de Prospecção, v. 11, n. 5, p. 1274, 2018.

PATEL, A. K.; SINGHANIA, R. R.; PANDEY, A. Novel enzymatic processes applied to the food industry. Current Opinion in Food Science, v. 7, p. 64-72, 2016.

SHELDON, R. A.; VAN PELT, S. Enzyme immobilisation in biocatalysis: why, what and how. Chemical Society Reviews, v. 42, n. 15, p. 6223-6235, 2013.

SILVA, M. J. A. et al. Lipozyme TL IM as catalyst for the synthesis of eugenyl acetate in solvent-free acetylation. Applied biochemistry and biotechnology, v. 176, n. 3, p. 782-795, 2015.

TAVANO, O. L. Protein hydrolysis using proteases: An important tool for food biotechnology. Journal of Molecular Catalysis B: Enzymatic, v. 90, p. 1-11, 2013.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Revista INGI - Indicação Geográfica e Inovação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Revista INGI - Indicação Geográfica e Inovação. A Revista INGI está licenciada com a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

ISSN: 2594-8288

Com DOI por artigo.

Esta Revista é uma publicação da Associação Acadêmica de Propriedade Intelectual - API - www.api.org.br 

A REVISTA INGI está cadastrada nos sistemas: