PROSPECTIVE STUDY OF PRODUCTS AND PROCESSES BASED ON CARBOHYDRATE HYDROLYSIS

Francisco Diego da Silva Chagas, Francisca Cristiane Nogueira, Aura Lucia Chacón Parra, Ana Lúcia Ponte Freitas

Resumo


Os carboidratos são macromoléculas complexas, essenciais para a vida e presentes em todos os organismos vivos. São as moléculas orgânicas mais abundantes na natureza e podem estar presentes desde as formas mais simples, monossacarídeos e oligossacarídeos, até as formas mais complexas, polissacarídeos. A hidrólise desses polímeros é uma técnica empregada há muitos anos para gerar produtos que são utilizados na indústria alimentícia, cosmética e de biocombustíveis. Objetivou-se realizar um estudo prospectivo sobre hidrólise de carboidratos para averiguar a quantidade de patentes de processos e produtos no banco de dados do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) e no Escritório Europeu de Patentes (EPO). Observou-se que o INPI possui poucos depósitos de patentes (5) em comparação ao EPO (209). Além disso, o país com maior número de patentes depositadas sobre hidrólise de carboidratos foi a China (42) e as áreas em que houveram maior número de depósitos foram as de “Química e Metalurgia” e “Agricultura”, com depósitos de patentes iniciados em 1930 e com um pico de produção na última década. Portanto, a prospecção tecnológica de patentes na área de hidrólise de carboidratos, têm crescido ao longo dos anos, em detrimento do uso crescente de carboidratos simples pela sociedade. 


Palavras-chave


Carboidratos; Hidrólise; Patentes

Texto completo:

PDF

Referências


ÁVILA-FERNÁNDEZ, Á.; GALICIA-LAGUNAS, N.; RODRÍGUEZ-ALEGRÍA, M. E.; OLVERA, C.; LÓPEZ-MUNGUÍA, A. Production of functional oligosaccharides through limited acid hydrolysis of agave fructans. Food Chemistry, v. 129, n. 2, p. 380-386, 2011.

BEMILLER, J. N. Carbohydrate chemistry for food scientists. 3. Ed. United Kingdom. Elsevier, 2018. 427p.

COCKBURN, L.; LONG, G. The importance of patents to innovation: updated cross-industry comparisons with biopharmaceuticals. Expert opinion on therapeutic patents, v. 25, n. 7, p. 739-742, 2015.

FERREIRA, V. F.; ROCHA, D. R.; SILVA, F.C. Potencialidades e oportunidades na química da sacarose e outros açúcares. Química Nova, v. 32, n. 3, p. 623-638, 2009.

HERRERA-RUALES, F. C.; ARIAS-ZABALA, M. Bioethanol production by fermentation of hemicellulosic hydrolysates of african palm residues using an adapted strain of Scheffersomyces stipitis. Dyna, v. 81, n. 185, p. 204-210, 2014.

KARKAŞ, T.; ÖNAL, S. Characteristics of invertase partitioned in poly (ethylene glycol)/magnesium sulfate aqueous two-phase system. Biochemical Engineering Journal, v. 60, p. 142-150, 2012.

NELSON, D. L.; COX, M. M. Princípios de bioquímica de Lehninger. 7. ed. Porto Alegre. Artmed, 2019. 1272 p.

PALME, A.; THELIANDER, H.; BRELID, H. Acid hydrolysis of cellulosic fibres: comparison of bleached kraft pulp, dissolving pulps and cotton textile cellulose. Carbohydrate polymers, v. 136, p. 1281-1287, 2016.

QUINTELLA, V. M.; QUINTELLA, C. M.; JUNIOR, A. F. A. S.; FONTES, C. D. O. H. Estudo Prospectivo Exploratório das Patentes de Métodos de Aprendizagem de Máquina Aplicados ao Mercado Financeiro. Cadernos de Prospecção, v. 12, n. 1, p. 113, 2019.

SANTOS, R. B.; HART, P; JAMEEL, H.; CHANG, H. M. Wood based lignin reactions important to the biorefinery and pulp and paper industries. BioResources, v. 8, n. 1, p. 1456-1477, 2013.

SCARTASSINI, V. B.; DE MOURA, A. M. M. Relação entre produção de artigos e patentes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e o financiamento de pesquisa, Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação, v.13, p. 915-935, 2020.

SILVA, R. O.; FREITAS FILHO, J. R.; FREITAS, J. C. R. D-Glicose, uma Biomolécula Fascinante: História, Propriedades, Produção e Aplicação. Rev Virt Quim, v. 10, p. 875-91, 2018.

TUNDE, A. A. Production of Glucose from Hydrolysis of Potato Starch. World Scientific News, v. 145, p. 128-143, 2020.

UPTON, B. M.; KASKO, A. M. Strategies for the conversion of lignin to high-value polymeric materials: review and perspective. Chemical reviews, v. 116, n. 4, p. 2275-2306, 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Revista INGI - Indicação Geográfica e Inovação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Revista INGI - Indicação Geográfica e Inovação. A Revista INGI está licenciada com a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

ISSN: 2594-8288

Com DOI por artigo.

Esta Revista é uma publicação da Associação Acadêmica de Propriedade Intelectual - API - www.api.org.br 

A REVISTA INGI está cadastrada nos sistemas: